Ambulatório de Obesidade deve atingir redução de 2 toneladas

16 10 - Ambulatório de ObesidadeAmbulatório de Obesidade de Itapevi deve atingir a redução de duas toneladas até o final do ano. Iniciativa pioneira na região oferece tratamento multidisciplinar gratuito e reeduca obesos da cidade, já obtendo resultados expressivos.

Um programa multidisciplinar vem atingindo resultados expressivos e mudando a vida das pessoas obesas em Itapevi. Isso porque a ação – implantada em fevereiro pela Prefeitura – já atendeu a mais de mil pessoas que possuem a doença. Os atendimentos são realizados na Unidade Básica de Saúde (UBS) Cohab I, e trata-se do Ambulatório Municipal de Obesidade de Itapevi.

O programa – inédito na região – tem o objetivo de fazer com que o obeso ganhe em saúde e qualidade de vida por meio de pequenos gestos, como a reeducação alimentar, ganho de autoestima e atividade física. Este novo ciclo de vida reduz, consideravelmente, as dores articulares e ajuda a prevenir doenças como o diabetes, e as cardiovasculares, como a hipertensão. O intuito é tratar as doenças que contribuem para a obesidade e, assim, garantir a perda de peso gradativa.

Durante todo o processo de acompanhamento com os profissionais, o paciente recebe orientações para alcançar êxito na redução de peso. De acordo com dados da Secretaria de Higiene e Saúde já foram eliminadas 1,6 toneladas – no período de fevereiro a setembro – o que significa que cada paciente perde em média 4,5 por mês. A expectativa da pasta é de que até o final do ano o número ultrapasse duas toneladas.

No ambulatório, os pacientes com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 30 são atendidos gratuitamente por psicólogos, endocrinologistas, nutricionistas e enfermeiros, além de educadores físicos. Todo o tratamento é realizado pensando na melhora gradativa dos pacientes, uma vez que a obesidade é uma doença multifatorial, ou seja, se desenvolve a partir de diversos fatores como estilo de vida, genética e até mesmo alimentação.

Para o prefeito Jaci Tadeu o ambulatório é uma iniciativa muito valiosa para a população. “São pequenas atitudes que fazem grandes diferenças. A partir dessa frase podemos levar em consideração que a Prefeitura deu o primeiro passo e as pessoas que buscam saúde aliada à qualidade de vida podem contar com mais esse serviço, que a cada dia demonstra mais eficiência”, avalia o prefeito.

Para ser atendido pelos serviços, o paciente deve primeiro se consultar com um clínico-geral nas unidades de saúde do município. Esse profissional determinará se há necessidade de encaminhamento ao ambulatório. Na sequência, é agendada uma consulta com os especialistas da unidade e o tratamento é iniciado.

Veja também: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.573523692713687.1073742141.169007049832022&;type=1

Fotolegenda: Divulgação/PMI
Ambulatório de Obesidade atende mil pessoas por mês

Print Friendly, PDF & Email


Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *