Palestra Douglas Camargo

Prefeitura lança campanha de prevenção ao suicídio

Entre as ações do Setembro Amarelo, no dia 05 (quinta-feira), acontece palestra com Douglas Camargo

A Prefeitura de Itapevi realiza, no próximo mês, a campanha municipal Setembro Amarelo “Mês de Valorização à Vida”, promovendo uma série de ações de conscientização sobre prevenção ao suicídio.

Na quarta-feira (05/09), acontece palestra com Douglas Camargo, idealizador do projeto “Inspire Alguém Hoje”, voltado para o público jovem, que trata de assuntos como depressão, automutilação, bullying, pensamentos suicidas e drogas.

O evento é gratuito e aberto ao público, acontece na Câmara Municipal de Itapevi (Rua Arnaldo S. Cordeiro das Neves, 80, Vila Nova Itapevi), às 13h30.

Além da palestra, também fazem parte da campanha exposição fotográfica, divulgação do curta-metragem “Emparia Salva Vidas”, do instrutor de cinema Marcos Menezes e rodas de conversa. Todas essas ações foram idealizadas pela Secretaria de Cultura e Juventude.

A exposição Setembro Amarelo, da fotógrafa Pâmela Donato, é um ensaio sobre o tema realizado com os alunos da Escola Livre de Teatro e Circo.

Entre os dias 02 e 04/09, a mostra poderá ser vista no Hall da Prefeitura de Itapevi (R. Agostinho Ferreira Campos, 675, Vila Nova Itapevi) e de 05 a 13/09, na Câmara Municipal. A exposição também percorrerá os shoppings da cidade a partir de 16 de setembro.

No dia 19, às 13h, acontece no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) roda de conversa com o escritor Cláudio S. Filho, autor do livro “Um Conto Sobre Ela”, que será lançado no próximo mês. O CREAS fica na Av. Ana Araújo de Castro, 494 – Jardim Itapevi.

No dia 30, às 15h, a roda de conversa acontece na Secretaria de Cultura (Av. Luiz Manfrinato, 194 Centro), com a psicóloga Ana Carolina Fonseca, da ONG Emoção e Vida.

Atendimento especializado

Em Itapevi, há três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que oferece atendimento especializado por meio de consultas e grupos terapêuticos de acolhimento, com psicólogos e psiquiatras.

Além dos CAPS, também existe o serviço de psicologia ambulatorial realizado em quatro unidades básicas de saúde e atendimento de emergência no pronto-socorro central.

Os encaminhamentos psicológicos e psiquiátricos devem ser feitos por médicos da rede municipal de saúde.



Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *