Zoinho BikeShow atleta de Itapevi marca presença no CC-DH

zoinho Zoinho BikeShow atleta de Itapevi marca presença no CC-DH Zoinho BikeShow atleta de Itapevi marca presença no CC-DH zoinhoTeve inicio neste último mês de março a temporada paulista 2010 de DH, onde o Biker, colunista e vídeo-repórter Arnaldo, o Zoinho Bikeshow além de participar fez a cobertura completa do evento.

A Copa Core de DH, organizada pelo piloto gaúcho Djone Fornari, lançou-se no calendário para realizar 4 provas ao longo deste ano. Todas as etapas irão acontecer na região do Kona Bike Park, na alpina São Roque, a 60km da capital paulista.

Além de marcar este inicio de temporada, a prova foi a primeira prova feita em terra valida pela CBMTB, entidade nascida no final de 2009 e que clama pelos direitos sobre o MTB.

Sábado foi um dia em que todo o estado foi literalmente assado pelo forte sol e céu limpo que tivemos. Ouvimos que o maior problema era o pó que se acumulou na pista e do forte calor, meio inconveniente num dia de treinos de DH.

Mas, como num dia típico da estação passada, todos sabem que dias muito quentes normalmente tem tardes muito chuvosas. E foi bem isso que aconteceu. A noite do sábado para domingo um tempo torrencial lavou São Roque e região, piorando razoavelmente as condições da pista do Ski Mt.Park.

Apesar da cara de mal com qual o dia começou, o sol chegou com boa força por volta das 10 da manhã, secando mais do que metade da pista. Problema era que. Segunda metade era uma mata bem das fechadas e úmidas, daquelas que precisa de uma boa semana de sol para secar por completo.

Com o piso liso os acidentes acontecem, fato. E a zelar pela integridade física dos pilotos deve ser sempre prioridade 1 na lista de afazeres de uma prova de DH.

Priorização que não foi feita para esta primeira etapa. Os fiscais de pistas eram meninos da própria cidade de São Roque, que estavam ali basicamente para apitar quando um piloto se aproximava. Em determinada hora houve um acidente quase que na metade da pista. O fiscal de largada teve que correr até o ponto do acidente e voltar com notícias para o pessoal que estava controlando a largada dos treinos. Além de um radio ali faltou preparo para lidar com os percalços naturais de uma corrida de DH.

Mas apesar disso todos os acidentes mais graves foram corretamente tratados e os pacientes sobreviverão. Na lista um braço com profundo corte do agora Máster Julio Fortunato, e uma suspeita de costela quebrada do terremótico Danilo Dada, que saiu ileso da tragédia no Chile, mas encontrou com o chão em terras brazilis.

Mas o maior tropeço do fim de semana foi a cronometragem, feita por uma terceirizada (esquecemos o nome), que nitidamente não tem a experiência necessária para realizar uma prova de DH. O próprio qualify do sábado não aconteceu porque o sistema não funcionou. Quer dizer, as fotocélulas com certeza funcionaram, mas a peça entre ela e a cadeira não.

Ao checarmos, após uma hora de apuração, o porque da demora para premiar os campeões da etapa soubemos que a classificação fora feita sem considerar as categorias de cada um.

Depois de duas horas uma luz se acendeu no fim do túnel, e os pódios começaram a ser formados. Doce engano nosso, algumas categorias não haviam sido fechadas ainda e outras tiveram seus tempos publicados com falhas. Uma

A Copa Core segue com mais duas etapas, que a princípio serão realizadas no próprio parque da Kona. Achamos que sim há uma curva de aprendizado, e esperamos as correções para a próxima etapa. Até lá!

Fonte: http://www.dhbrasil.com.br

Fotos: Raul Chavarria

Contato:

Arnaldo R. Cordeiro Jorge Viana, Zoinho Bikeshow

Biker, colunista e vídeo-repórter

www.canalitapevi.com.br

Fone: 11 6771-6892

Print Friendly, PDF & Email Zoinho BikeShow atleta de Itapevi marca presença no CC-DH Zoinho BikeShow atleta de Itapevi marca presença no CC-DH printfriendly pdf button nobg


Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *