A indesculpabilidade do homem diante de Deus

biblia palavra de Deus

A INDESCULPABILIDADE DO HOMEM DIANTE DE DEUS

Romanos 1.18-27

            O nosso estudo é o início de uma longa seção que começa neste verso 18 até o verso o capitulo 3.20.

Paulo irá tratar da necessidade de uma revelação da justiça de Deus:  A tese que Paulo vai defender até o capítulo 3 é de que todas as pessoas, são indesculpáveis, no contexto de sua época, tanto gentios, como gregos.

Iremos nos deter nos versos 18-19 onde Paulo trata da questão do conhecimento de Deus manifesto e a rejeição deste conhecimento por parte dos homens. Temos três vezes a palavra conhecimento na seção.

Para uma melhor compreensão vamos dividir o texto por assuntos que estão ligados ao tema principal da seção.

I.O motivo da Irá de Deus (v.18-19)

I.I Os homens detém a verdade de Deus

             Segundo podemos verificar no texto, o conhecimento que precisamos ter de Deus é manifesto a cada um dos homens.

            Deus se manifestou. Paulo afirma que os homens estão no caminho errado. Devemos nos lembrar que nos versos anteriores, o apóstolo estava tratando acerca da justiça de Deus e como essa justiça se revela no evangelho.

            A irá de Deus se revela contra toda todo tipo de impiedade e perversão dos homens.

             Paulo quer mostrar que a humanidade toda está perdida, sem a graça de Deus, e isso por uma única razão. “Eles detém a verdade de Deus”.

            Os homens estão diante do tribunal de Deus, incapaz de se defender, limitados.

            Não confunda essa irá com sentimentos meramente humanos, como fraqueza ou desejo de explosão.  Essa ira é a atitude contra o pecado que um Deus santo tem de tomar.

            Essa irá não é revelada no evangelho, porque o evangelho apresenta a condição do homem sem Deus e as consequências natural da negação do homem para com a verdade de Deus.

            A revelação da irá de Deus é do céu, o lugar onde tem Deus sua morada. Isso significa irmãosque as consequências punitivas de Deus é algo natural na vida de quem rejeita a verdade.

I.II A irá de Deus é contra toda impiedade e perversão dos homens

            Isso significa que impiedade e perversão é toda violação da genuína piedade, ou seja, impiedade e perversão aponta para as deficiências na esfera moral e religiosa.

            Tudo isso é consequência da recusa do homem de viver de acordo com a verdade da palavra de Deus. Pecaminosidade impede a verdade, verdade acerca de Deus e de sua vontade.

            A ideia de deter é de sufocar a verdade em prol de outras supostas verdades. Isso porque a verdade aqui é de Deus.

            Chamamos isso de relativismo, mas o que é o relativismo?  Creio assim como você que a palavra de Deus é a verdade absoluta, nela encontramos a vontade de Deus para cada um de nós acerca do nosso relacionamento com Deus, com próximo e conosco mesmo.

            Cremos que a bíblia é a verdade absoluta. Mas uma pessoa relativista não pensa assim, mas crer que todas as coisas são relativas. Exemplo disso é o pecado. O que é certo diz o relativista? Ele responde depende do seu ponto de vista. A bíblia, precisamos fazer nos nossos dias uma releitura.

  1. II.A manifestação do conhecimento de Deus

            Falando acerca do conhecimento de Deus, Calvino diz que quanto mais conhecemos a Deus, mais conhecemos a nós mesmos.

            A bíblia nos diz no Salmo 19.1 “que os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras de suas mãos”.

            A verdade de Deus é manifesta tanto pela consciência, pois o homem já nasce com uma consciência de Deus, como Deus se manifesta pelo testemunho da natureza. O autor aos Hebreus no capítulo 1.1-2 afirma que havendo Deus falado outrora de muitas maneiras pelos profetas, hoje nos fala pelo filho (ler).

            Para quem não conhece a Deus o mundo se torna um lugar estranho, louco, penoso, e viver nele pode ser decepcionante e desagradável. Despreze o estudo de Deus e você estará sentenciando a si mesmo a passar a vida aos tropeços, como se não tivesse nenhum senso de direção e não entendesse aquilo que o rodeia.

  Aplicações  

            Gostaria de trazer algumas aplicações ao nosso estudo acerca deste importante tema. O homem não tem desculpa diante de Deus, pois o que é necessário para agradarmos a Deus, o Senhor tem revelado.

            Portanto, quero aplicar este estudo com três verdades básicas acerca do conhecimento de Deus.

1º Deus falou aos homens, e a Bíblia é sua palavra, que nos foi dada a fim de nós tornar sábios para salvação

2º Deus é Senhor e Rei deste mundo; ele governa todas as coisas para a sua glória, mostrando sua perfeição em tudo o que faz, a fim de que os homens o louvem.

3º A vida deve ser vista e vivida à luz da palavra de Deus.

Por Dijavan Ferreira Cruz, Pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil em Itapevi

Print Friendly, PDF & Email


Dijavan Ferreira Cruz

Dijavan Ferreira Cruz é bacharel em teologia pelo seminário teológico Presbiteriano reverendo José Manoel da Conceição. É Casado com Priscila Jonson e pastor da Igreja Presbiteriana De Itapevi

Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *