casa val

Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga

A Famiglia Valduga: das raízes italianas à concretização de um sonho

No final do século 19, em 1875 o primeiro imigrante da Famiglia Valduga desembarca no Brasil. Vindos da cidade de Rovereto, ao norte da Itália, cultivaram os primeiros parreirais no coração do que hoje é o Vale dos Vinhedos, dando assim início ao legado de um dos mais renomados nomes da vitivinicultura brasileira.

a-familia-historia-9 Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga a familia historia 9 a-familia-historia-2 Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga a familia historia 2 a-familia-historia-4 Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga a familia historia 4

Passados 140 anos, quatro gerações depois, o patriarca Luiz Valduga, idealizou um grande sonho:

Construir a melhor vinícola do Brasil. Com a ajuda de seus filhos, a tradição foi aliada às mais modernas técnicas para a produção de vinhos finos. Os investimentos em tecnologia cresceram e o reconhecimento tornou a Casa Valduga uma das vinícolas mais apreciadas do Brasil. Atual símbolo de excelência, a vinícola familiar continua comandada pelos irmãos Erielso, Juarez e João Valduga, que junto de seus filhos continuam a transmitir a paixão pelo vinho.

Um pouco sobre os espumantes

Seguindo as tradições da região de Champagne, na França, a vinícola dedica especial atenção á elaboração dos seus espumantes.

Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga espumante 130Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga Um pouco sobre a vinicola Casa Valduga espumante maria valduga

Para resultar em rótulos de altíssima qualidade, o processo de maturação acontece na cave subterrânea de espumantes da vinícola, considerada a maior da América Latina, que possui capacidade para mais de seis milhões de garrafas. Entre as estrelas do portfólio, dois rótulos são mundialmente reconhecidos: o Brut 130, ícone da marca, e o Maria Valduga, consagrado como a jóia do espumante brasileiro.

Fonte- CASA VALDUGA



Fernando Santander

Fernando Santander, tem 32 anos e é natural de São Paulo, chegou em Itapevi aos 6 meses de idade. Hoteleiro de profissão, Fernando Santander se especializou em Sommelier (expert em vinhos), tendo seu reconhecimento maior na matéria publicada na veja São Paulo em junho de 2013. Atualmente trabalha na Art Des Caves, empresa líder nacional no setor de adegas e projetos de climatização. Santander também tem uma ONG voltada a sustentabilidade OMRI-Oficina de Materiais Recicláveis de Itapevi, aonde foca na conscientização das pessoas com relação ao respeito ao meio ambiente.

Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *