Foto 1 - Pedro Godoy (4)

Prefeitura visita residências para combater dengue em Itapevi

Agentes percorrem ruas dos bairros Jardim Maria Cecília, Jardim São Luiz, Jardim Hokkaido e Jardim Rosemary

Na segunda feira (26), a Prefeitura de Itapevi deu início à visitação de residências em toda a cidade para combater o mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika.

Desde então, agentes comunitários e de saúde têm percorrido as ruas do Jardim São Luiz, do Jardim Hokkaido e do Jardim Maria Cecília. As visitas acontecem até quinta-feira (29), sempre das 9h às 16h.

No dia seguinte, na sexta (30), haverá o “Dia D da Dengue”, ação em que serão intensificados os trabalhos de prevenção e controle das doenças transmitidas pelo mosquito. Nesta data, as equipes da administração municipal estão nas ruas do Jardim Rosemary.

Os bairros foram escolhidos de acordo com o Levantamento do Índice Larvário (LIRA), que monitora as áreas com maior presença de larvas do mosquito e com risco de epidemia na cidade.

As visitas da Prefeitura fazem parte da Campanha de Mobilização Nacional contra as Arboviroses. Nelas, agentes de controle de endemias da Secretaria de Saúde de Itapevi informam a população sobre as medidas necessárias para se combater o Aedes, além de eliminar focos do mosquito.

“Estamos fazendo uma grande varredura nos imóveis para retirada e eliminação de criadouros, além de orientar a comunidade sobre a necessidade da constante vigilância nos locais propícios a proliferação do mosquito”, explica a coordenadora do Setor de Controle de Vetores da Divisão de Controle de Zoonoses da Prefeitura, Sirlei Mazzei.

Aedes aegypti

Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura dos ovos pela fêmea em diversos criadouros.

Para combater o mosquito, é de extrema importância que a população atenda os agentes de endemias e abra as residências para vistorias de potenciais criadouros do vetor.

Vale destacar que o munícipe também deve contribuir com a redução da doença evitando recipientes com água parada através de medidas simples tais como: o lixo deve ser colocado no lixo, o descarte de copos e garrafas devem ser feitos em lixeiras, realizar periodicamente limpeza das calhas, tampar ralos e vasos sanitários.

Outras medidas são: verificar os materiais inservíveis, que devem ser colocados para coleta pública, tampar os toneis e caixas d´agua, manter o lixo em sacos bem fechados, deixar garrafas sempre viradas de boca para baixo, eliminar o prato de vasos de plantas ou usar prato justaposto, limpar com escova ou bucha os potes de água dos animais e retirar a água acumulada atrás da geladeira ou da máquina de lavar.

Confira os endereços de visitas das equipes de endemias:

Dias: 26 a 29 de novembro

 

Jardim Maria Cecília

Rua Zumira
Rua dos Mamoeiros
Rua Carlos A. Carneiro
Rua Antonio Martins
Rua Das macieiras
Rua Das Ameixeiras

Jardim São Luiz

Rua Tókio
Rua Sanjikoba
Rua Ama
Rua Kingstom
Rua Lery Claudino da Silva
Rua James Pereira Portela
Rua Ernesto Gonçalves
Rua Antonio de Oliveira
Rua Penedo
Rua Viçosa
Rua Servidão
Rua Carolina de Abreu Paulino

 

Jardim Hokkaido
Rua Dos Abreus
Rua Geni Caetano dos Santos
Rua Cerejeiras
Rua Crisântemos
Rua Eduardo de Abreu
Via Brasil
Rua Carlota
Rua Polares
Rua Antonio Batista Sobrinho
Rua Parreiras
Rua Ameixeiras
Rua Beirute
Rua José Carlos dos Santos

 Dia 30 de novembro

Jardim Rosemary
Rua José Januário
Rua Pedro Dias da Rocha
Rua Serra dos Farrapos
Rua Maria de Lourdes Chaluppe
Rua Serra das Balaiadas
Rua Serra do Dourador
Rua Serra Geral
Rua Da Cantareira
Rua dos Cristais
Rua do Bororó
Rua da Laje
Rua do Juquere
Rua das Araras
Rua da Leoa
Rua Josenildo Tavares da Silva
Rua Serra Formosa
Rua Edwil dos Santos
Rua Serra de Itaberaba
Rua Serra Negra
Rua Serra do Itaqui
Rua Serra Pelada
Rua de Paranapiacaba
Avenida Neusa Domingos Nascimento Vasconcelos
Rua Marcolina Bernardes
Rua Francisco de Souza

Foto: Pedro Godoy Ex-Libris/PMI

Legenda: Equipes de endemias visitam casas para eliminar criadouro do mosquito da dengue



Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *