Prefeitura inicia construção da nova passarela da CPTM

Obras devem levar seis meses para serem concluídas. Melhorias englobam construção de escada fixa e rolante, além de elevador para Pessoas com Deficiência   

Uma grande conquista para Itapevi. É assim que está sendo tratada a construção da nova passarela da estação de trem Itapevi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). As obras de sondagem do terreno e projeto executivo foram iniciadas neste mês. A passarela vai contar com piso intertravado e ligará a estação Itapevi a Avenida Feres Nacif Chaluppe do lado do calçadão da Praça Carlos de Castro, no Centro.
Serão cerca de 40 metros de extensão da via suspensa totalmente coberta e com estrutura toda metálica, que reunirá escadas fixas e rolante, bem como elevador com acessibilidade para PCDs (Pessoas com Deficiência). As obras devem ser concluídas e entregues à população ainda neste ano.
“A nova passarela propiciará uma travessia mais segura ao cidadão. Desta forma, afastaremos de vez o problema do itapeviense atravessando na faixa de pedestre no solo para adentrar à estação”, explica o Prefeito Igor Soares.
O projeto da construção da nova passarela pertence à Prefeitura e foi aprovado pelo setor de engenharia da CPTM. As obras estão sendo executadas pela administração municipal, que contratou uma empresa para realização dos serviços.
Segundo o prefeito Igor esta é uma luta antiga da população e que será uma realidade em breve. “Com esta obra pretendemos solucionar definitivamente a questão da mobilidade urbana junto à CPTM”, destaca o prefeito.
Demolição da antiga passarela
Em 2017, a Prefeitura demoliu a antiga passarela da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) localizada sobre a Avenida Feres Nacif Chaluppe. A intervenção removeu 500 toneladas de entulho do equipamento e das escadas de acesso à praça Carlos de Castro e face norte, que também servia de entrada para a estação Itapevi. Ao todo, a demolição custou R$ 103.800,00 aos cofres municipais.
De lá para cá, a região da passarela demolida foi revitalizada e ganhou benfeitorias com a revitalização da Praça Carlos de Castro, novo calçamento de vias e moderno abrigo de ponto de táxi, além da reforma da região da rotatória da Cohab.
Reconstrução da estação de Ambuitá
Na última quarta-feira (22), a Prefeitura recebeu a informação de que a estação Ambuitá será reconstruída, com investimento de mais de R$ 20 milhões. A estação já está inclusa no projeto de Concessão da Linha 8 Diamante, que deverá ser publicado ainda neste ano. A administração tenta a inclusão nesta concessão da estação Cimenrita.
Foto: Felipe Barros Ex Libris/ PMI
Legenda: Nova passarela vai dar mais segurança para os pedestres
Print Friendly, PDF & Email  Prefeitura inicia construção da nova passarela da CPTM printfriendly pdf button nobg


Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *