2018-06-27 Piscinão do Suburbano - Felipe Barros (5)

Piscinão do Suburbano já tem 64% de obras concluídas

Intervenções seguem em ritmo avançado; reservatório do Vitápolis está quase pronto

Para combater as enchentes em Itapevi, a Prefeitura está tocando duas grandes obras que vão transformar a cidade: os piscinões do Suburbano e do Vitápolis. Os equipamentos devem ser entregues à população em setembro deste ano.
“São obras que vão mudar a cara de Itapevi e fazer com que esse tipo de problema seja coisa do passado”, afirma o prefeito Igor Soares. “Só assim, com muito investimento e visão de futuro, podemos construir uma cidade melhor para todos”, diz.

O piscinão do Parque Suburbano receberá as águas do córrego Paim para diminuir a ocorrência de alagamentos no bairro, na Cohab e no Centro. Ele fica entre a Avenida Rubens Caramez e as ruas dos Sulamericanos e dos Paulistas, nos fundos da Escola Estadual Prof. José Sérgio Pereira.

Os trabalhos no local começaram em abril deste ano e, hoje, 64% das intervenções já foram concluídas, segundo a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos. O equipamento terá área de 16.500 m² e capacidade para receber 79.663 m³, ou seja, 79.633.000 litro.

“A construção do Piscinão é muito importante para o nosso bairro. Várias famílias já perderam tudo com as enchentes” , disse Vilani Pereira, moradora do bairro. “O piscinão vai resolver estes problemas. Por isso, estamos muito felizes com esta obra”, completou a também moradora Milena Queiroz.
Piscinão do Vitápolis 
O valor total das obras é de aproximadamente R$ 112 milhões, e inclui também a construção do Piscinão do Vitápolis.

O equipamento está localizado na divisa dos bairros Jardim Vitápolis e Cidade Saúde e está com 95% das obras executadas. O piscinão receberá águas do rio Barueri-Mirim, combatendo enchentes e alagamentos na região destes bairros e na região central de Itapevi.

As obras do piscinão do Vitápolis foram iniciadas no dia 7 de fevereiro de 2017 passado, com previsão de término até setembro deste ano.

O equipamento, que terá três metros de profundidade, é paralelo ao rio e irá captar o excesso de água quando o nível do rio ultrapassar a cheia. Ele terá capacidade de até 109 milhões de litros de água de armazenamento.

As duas obras são realizadas pelo Consórcio Barueri-Mirim, que é composto pelas empresas Soebe Construção e Pavimentação e Construtora Etama Ltda.

Ele atua em parceria com a Prefeitura de Itapevi, que entra no projeto com contrapartidas financeiras, e o Governo Federal, por meio do Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC).

 

Fotos: Felipe Barros/ExLibris/PMI

Legenda: Obras de combate às enchentes seguem em ritmo avançado em Itapevi



Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *