Itapevi discute na saúde mental

Ação acontece simultaneamente em outros municípios da região
Cerca de 55 profissionais da área de saúde mental de Itapevi participaram, na manhã da terça-feira (22), no auditório da Secretaria de Educação, do projeto “Acolhimento e Cuidado Compartilhado em Rede: Saúde Mental na Atenção Básica”. O objetivo do encontro é identificar e construir um plano de ação em rede para o atendimento dos casos de saúde mental na cidade.
A reunião faz parte do projeto Rota dos Bandeirantes, região de saúde, que é formada pelos municípios de Itapevi, Barueri, Carapicuíba, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba. A ação é composta por quatro oficinas locais que acontecem simultaneamente em todos as cidades do projeto.
Nesta terça-feira, participaram os profissionais da cidade que atendem direta ou indiretamente os casos de saúde mental e de psiquiatria, em Itapevi. O tema da terceira oficina foi “Acolhimento, Fluxo e Matriciamento”. No dia 05 de novembro, acontece a quarta e última oficina do projeto.
Acolhimento
Em Itapevi, há três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que realizam cerca de 1,2 mil atendimentos por mês, entre consultas e grupos terapêuticos de acolhimento.
Além disso, existe o serviço de psicologia ambulatorial realizado em quatro unidades básicas de saúde, com atendimento cada um de cerca de 100 pacientes/mês. Fazem parte do quadro de saúde municipal psiquiatras que atendem nos CAPS, nas unidades básicas e no pronto-socorro central, além de psicólogos.
Os encaminhamentos psicológicos e psiquiátricos devem ser feitos por médicos da rede municipal de saúde.
Pessoas com menos de 18 anos devem ser acolhidas pelo Caps Infantojuvenil Ciranda (Ladeira Hugo Michelotti, 5, Centro). Telefone: 4621-3922.
Adultos com transtornos mentais aliados ao uso de álcool e drogas devem ser acolhidos pelo Caps AD Reconstruir (r. Arnaldo Sérgio Cordeiro das Neves, 235, Jd. Portela). Telefone: 4141-2148.
Jovens e adultos, que estejam passando por transtornos mentais, mas não fazem uso de álcool e droga, devem procurar atendimento no Caps Espaço Conviver (R. Eduarda Rios Trevisan, 105, Jd. Portela). Telefone: 4142-5595.
Crédito: Célio Júnior PMI
Legenda: Objetivo do encontro é criar um plano de ação em para atendimento dos casos de saúde mental
Print Friendly, PDF & Email  Itapevi discute na saúde mental printfriendly pdf button nobg


Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *