Igor Soares quer proibir Uber, aplicativo que promove transporte clandestino no Estado

Diante das manifestações realizadas por taxistas na capital contra o aplicativo Uber, o deputado estadual Igor Soares (PTN) apresentou Projeto de Lei N. 439/2015 que resulta na proibição do Uber – aplicativo para celular, de origem americana, que disponibiliza carro de luxo com motoristas para corridas.

A iniciativa trata da proibição de transporte remunerado de passageiros em veículos particulares, de até sete lugares, cadastrados e contratados a partir de aplicativos, como o Uber, não registrados nos Órgãos e Departamentos Estadual e Municipal que regularizam a prestação de serviços de táxi.

Para o deputado, o Uber e outros aplicativos em funcionamento no Estado promovem o transporte remunerado sem alvará. “Este profissionais cadastrados no aplicativo não são cadastrados e nem autorizados pelo Estado e nem pelas prefeituras municipais para exercerem a função. Logo, estão trabalhando de forma ilegal e prejudicando a categoria dos taxistas, devidamente autorizadas para atuar com transporte privado e que recolhem os impostos previstos em lei”, destacou Igor Soares. “É um concorrência desleal, porque de um lado temos os taxistas, trabalhadores que cumprem todas as determinações da categoria, e do outro, um transporte clandestino”, acrescentou o deputado.

Igor Soares defende que a tecnologia seja utilizada para facilitar o dia a dia da população, no entanto, com prestadores de serviços reconhecidos pelos órgãos públicos. “O aplicativo deve ser um meio para agilizar a localização e a contratação de profissionais credenciados, como os taxistas, e não de motoristas sem alvarás e em veículos não identificados”, destacou.

Print Friendly, PDF & Email Igor Soares quer proibir Uber, aplicativo que promove transporte clandestino no Estado Igor Soares quer proibir Uber, aplicativo que promove transporte clandestino no Estado printfriendly pdf button nobg


Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *