Igor Soares propõe homenagem à vítima de violência doméstica

Luta constante do deputado estadual Igor Soares (PTN), desde o período que era vereador por Itapevi, a Delegacia da Mulher está prestes a ser inaugurada na cidade. Para denominar o espaço, o parlamentar entrou com o projeto de lei 482/2015 para que a unidade receba o nome de Ecinoelia Sales Oliveira, moradora da Vila Santa Rita, assassinada em 2009, vítima de violência doméstica.

O espaço, que contou com recursos de emenda parlamentar da ex-deputada estadual Regina Gonçalves (PV) para sua construção, teve ainda a participação da prefeitura de Itapevi.

“É uma justa homenagem a essa mulher que tanto lutou pela vida e pelos filhos e escolheu a cidade de Itapevi para morar e criar sua família. Uma pessoa admirada por todos, mas, infelizmente, nos deixou de uma forma trágica”, afirma Igor.

Nascida no interior da Bahia em 1968, ela veio para Itapevi aos 18 anos, casada com José Ferreira. Para conseguir se manter e cuidar dos três filhos passou a vender alimentos e peças de roupas e se tornou popular no bairro. Com isso, conseguiu uma casa maior e um salão comercial.

O sucesso de Ecinoelia despertou o ciúme do marido, que alcoólatra, tinha dificuldades de se manter em serviço fixo e não contribuía com o lar. Ferreira passou agredi-la fisicamente e a ameaçar os filhos. Até que em 30 de maio de 2009, Ecinoelia foi morta com um tiro nas costas. O marido suspeito está foragido.

Print Friendly, PDF & Email Igor Soares propõe homenagem à vítima de violência doméstica Igor Soares propõe homenagem à vítima de violência doméstica printfriendly pdf button nobg


Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *