CIS começa a funcionar em Itapevi com capacidade para 8 mil atendimentos mês

Centro de Especialidades, localizado ao lado do Centro de Hemodiálise e da futura ETEC, conta com 14 especialidades e 18 exames
A Prefeitura de Itapevi iniciou nesta sexta-feira (3) as atividades do Centro Integrado de Saúde (CIS), na região da Vila Santa Rita (Rua Arquiteto Ubirajara da Silva, 87). O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.
O CIS possibilita a realização de consultas com 14 especialistas médicos e 18 exames de diagnósticos e preventivo e tem capacidade para realizar 8 mil atendimentos por mês. As consultas oferecidas pelo equipamento são de cardiologia adulto, dermatologia, endocrinologia, neurologia adulto, pneumologia, reumatologia, neurologia infantil, infectologia infantil, urologista, gastroenterologia, ginecologia/obstetrícia, oftalmologia, psiquiatria e otorrinolaringologia.
Os exames a serem oferecidos são: US doppler, ultrassom geral, colonoscopia, ecocardiograma, eletrocardiograma, eletroencefalograma com sedação, eletroencefalograma, eletroneuromiografia, endoscopia digestiva alta, holter, Mapa, Raios-X, teste ergométrico, urodinâmica, espirometria, tomografia (ambulatorial), tomografia (urgência/emergência) e audiometria.
O edifício, com dois andares, que estava ocioso desde 2016, começou a ser reformado e reestruturado em junho de 2018. No princípio seria instalada a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas, diagnóstico realizado pelo Hospital Albert Einstein apontou que a real necessidade do município é melhorar o atendimento nas unidades básicas e em especialidades. “Modificamos a funcionalidade, mas o propósito é garantir a melhor saúde para nossa gente”, destacou o prefeito Igor Soares.
Ainda segundo o prefeito, “moradores precisam de mais agilidade nas consultas e nos resultados de exames, por isso agora com o CIS está sendo oferecido o de moderno e qualificado em termos de especialidades médicas em apenas um único local, de forma eficiente e dinâmica”.
A professora Heloíse Helena Barbosa, 57, que mora no Jardim São Carlos, aprovou o primeiro dia de consulta com o endocrinologista. “Estou sendo atendida em menos de três meses após  o encaminhamento no Pronto Socorro. Antes eu tinha que pagar particular e ir até a unidade do Cardoso e agora está próximo de casa. O espaço vai atender muitas pessoas. É um grande progresso para Itapevi”, declarou.

Como vai funcionar?

O morador não precisará ir até o CIS para marcar a sua consulta ou procedimento. O encaminhamento será realizado pelo médico clínico geral da unidade de saúde mais próxima da residência do paciente. O médico será responsável por analisar a necessidade do paciente passar por um especialista e realizar os exames médicos; se for necessário ele fará uma guia de encaminhamento ao CIS.
Expresso Saúde
A partir do dia 8 de julho, a unidade também vai contar com serviço de transporte gratuito para deslocamento dos pacientes. “Como este prédio está distante da região central, teremos o Expresso Saúde, um micro-ônibus que fará o trajeto Terminal de Ônibus – CIS e vice-versa, para atender os pacientes”, completa o prefeito. Apenas as pessoas que mostrarem ao motorista o SMS da Prefeitura confirmando a agendamento no CIS poderão utilizar o transporte exclusivo até a unidade.

Centro de Hemodiálise

No mesmo endereço, desde setembro do ano passado, já funciona o Centro de Hemodiálise, um serviço também diferenciado que atende dezenas de pacientes itapevienses que antigamente necessitavam desse tratamento, mas realizavam as sessões em cidades distantes, como por exemplo, na capital.
O atendimento é para os pacientes residentes em Itapevi, mas quando há vagas, moradores de municípios vizinhos também são atendidos. O controle de vagas é realizado pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, como determina a lei.
O Centro de Hemodiálise funciona de segunda a sábado, das 6h às 20h, e realiza, por dia, 30 sessões de hemodiálise em três turnos diários. Este serviço é prestado pela empresa terceirizada DaVita, vencedora de processo de licitação. O espaço foi montado com recursos próprios do município e é mantido pela Prefeitura de Itapevi. Os custos para manutenção do Centro de Hemodiálise são de R$ 370 mil por mês.

ItapeVida

A inauguração do CIS é uma das 20 ações do ItapeVida, programa lançado em julho de 2019 pela Prefeitura para garantir mais qualidade no atendimento da saúde de Itapevi.
Em todo o Brasil, a área enfrenta problemas crônicos, causados pela falta de financiamento adequado e problemas na gestão – que é compartilhada por Estados, municípios e Governo Federal.
O Itapevida é uma resposta da Prefeitura a esses problemas. Ele foi construído a partir do diagnóstico feito pelo Hospital Albert Einstein, que prestou consultoria à administração municipal ao longo de 2018, sugerindo melhorias e aprimoramentos ao setor.
Confira as ações previstas pelo Itapevida:
Realizadas
1) Entrega de nova frota de ambulâncias
2) Alimentação nos três Prontos Socorros
3) Implementação do novo CAPS Infantil
4) Centro de Hemodiálise
5) Obras de manutenção em 10 unidades de saúde
6) Instalação da Farmácia Central na Praça 18
7) Entrega da Unidade Móvel de Saúde
8) Atendimento expandido até às 19h nas USF’s Vitápolis e Suburbano
9) Criação da nova Unidade de Saúde da Família no bairro Chácara Santa Cecília
10) Contratação de médicos e profissionais de saúde
11) Criação do Centro Integrado de Saúde (CIS)

Em andamento
12) Implementação de unidades modelo
13) Criação da Central de Resgates: SAMU, Bombeiros e Defesa Civil
14) Reforma e Ampliação do PS Central
16) Construção do novo PS Amador Bueno

Em projeto
15) Criação do PS Infantil
17) Construção do novo PS Cardoso
18) Criação de CAPS Álcool e Drogas 24h
19) Construção de UBS na Cohab
20) Construção de UBS no Jardim Briquet

Print Friendly, PDF & Email  CIS começa a funcionar em Itapevi com capacidade para 8 mil atendimentos mês printfriendly pdf button nobg


Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *