Foto 1 - Willian Leite (4)

Itapevi ganha 110 novas mudas de cerejeiras

Serão plantadas nas próximas semanas 100 mudas de ipês roxo, amarelo e branco no Corredor Oeste Metropolitano 

Neste domingo (16), a Prefeitura de Itapevi realizou o plantio simultâneo de 110 mudas de cerejeiras da espécie Sakurá na entrada da cidade, na SP-029 Rodovia Cel. PM Nelson Tranchesi, na altura do km 35, no canteiro em frente ao CLI (Centro Logístico de Itapevi). A ação aconteceu em parceria entre a ACEI (Associação Cultural e Esportiva de Itapevi) e a Secretaria de Meio Ambiente e Defesa dos Animais de Itapevi. O evento foi também uma homenagem aos 110 anos de imigração japonesa no Brasil e marcou o início da da semana de atividades de educação ambiental no município.

O plantio reuniu membros e diretores da ACEI, empresários, servidores públicos, secretários municipais, autoridades políticas do Executivo e do Legislativo, voluntários e a população em geral. Cerca de 150 pessoas participaram da ação. A Prefeitura também fará o plantio, nas próximas semanas, de 100 mudas de ipês roxo, amarelo e branco no Corredor Oeste Metropolitano.

Durante o plantio, o prefeito Igor Soares enalteceu a presença de membros da ACEI. “Vocês da colônia de japoneses e descendentes são modelo de disciplina, organização e trabalho. São também uma inspiração para todo brasileiro e itapeviense. É desta forma, plantando e arborizando a cidade, que avançaremos”, destacou. Ele ainda disse que, no próximo ano, a Prefeitura pretende entregar à população o primeiro Parque Municipal da história da cidade com 150 mil metros quadrados, pista de caminhada e um bosque. Ele ainda pediu que a ACEI cultive 111 mudas de cerejeiras para realizar o plantio no novo espaço verde no município e também celebrar o ano da imigração japonesa no Brasil.

Para o presidente da ACEI, Gilberto Kumazuru, o plantio é resultado de outra ação realizada há cinco anos na sede da Associação. “Plantamos na ACEI naquela época 30 árvores e de lá para cá estamos cuidando das sementes, dos frutos e das mudas produzidas de cerejeiras para que pudéssemos fazer essa doação à Prefeitura. Esperamos que estas árvores cresçam e floresçam acompanhando o desenvolvimento de Itapevi. Como morador da cidade, desejo paz e sucesso que esta planta é capaz de transmitir. Tradicional, a árvore trará a prosperidade e felicidade que a cidade tanto deseja e precisa”, afirmou.

O plantio é fruto de um recebimento de um total de 200 mudas de doação da ACEI à Prefeitura. A administração agora aguarda autorização do DER (Departamento de Estrada de Rodagem), órgão que administra a via, para o plantio de cerca de mais 50 mudas em outros trechos da mesma rodovia. As mudas de cerejeiras que foram plantadas têm de 1 a 2 metros de altura. Em 2017, a Prefeitura plantou 2,3 mil mudas.

A escolha pelo plantio da cerejeira se deve ao seu simbolismo. “Ela fica pouco tempo florida, por isso suas flores representam a fragilidade da vida. A maior lição é aproveitar intensamente cada momento, pois o tempo passa rápido e a vida é curta”, explicou o secretário de Meio Ambiente e Defesa dos Animais de Itapevi, Paulo Rogiério de Almeida.

“Além de celebrar a data da vinda de uma colônia tão representativa em nossa cidade e que contribuiu para o seu desenvolvimento, ao plantarmos mudas de cerejeiras, Itapevi ganha em qualidade de vida, espaço melhor arborizado e um olhar mais sustentável”, destacou Almeida.

A ceramista Ivete Koba Kusano, 63, moradora do Jardim São Luiz e integrante da ACEI, ficou lisonjeada coma iniciativa. “Hoje é motivo de orgulho participar do plantio com a comunidade japonesa. A cidade, em breve, estará muito enfeitada com a beleza dela, que é uma planta que representa a entrada da primavera. Dizem que se uma pétala cair sobre você é sinal de sorte”, disse.

Para Tiago Kurimoto, 33, engenheiro civil, morador do bairro Itaqui e membro da ACEI, o plantio foi enobrecedor pelo fato de poder contribuir com a cidade. “Fico muito feliz ao manter e divulgar as tradições japonesas. A cerejeira representa a efemeridade porque o tempo de florescimento dela é muito curto. Para os japoneses simboliza que devemos cuidar com a máxima atenção de nós mesmos, nossa família, amigos e tudo que está ao nosso redor. Ela sintetiza o tempo da vida”, destacou.

Sobre a Semana de Educação Ambiental de Itapevi

A iniciativa tem como objetivo promover uma série de ações na cidade para aumentar a consciência ambiental da população.

Segunda-feira (17)

A partir das 9h, a Prefeitura promoveu uma palestra e exibição do filme “A história das coisas”, além de discussão temática para jovens. O evento aconteceu no auditório da Secretaria de Educação (Rua Professor Irineu Chaluppe, 65 – Centro) e teve como intuito alertar sobre o consumo exagerado de bens materiais e sensibilizar sobre os impactos ambientais relacionados à esta prática. A palestra foi ministrada por Mário da Rocha Medeiros, técnico em Gestão Ambiental e pós-graduado em Gestão de Projetos.

Terça-feira (18)

A partir das 10h, será realizada uma palestra sobre o tema “Ações de eficiência e combate ao desperdício de recursos ambientais no cotidiano”, ministrado por Renata Ferraz de Toledo, graduada em Ciências Biológicas pela Unesp e pós-doutora pela Faculdade de Educação da USP. O evento acontece no auditório da Secretaria de Educação de Itapevi. O evento será voltado para servidores municipais. O objetivo do encontro é sensibilizar sobre as questões socioambientais e contribuir para a difusão de práticas que promovem a utilização eficiente e sustentável de recursos naturais.

Quarta-feira (19)

A partir das 9h, a Secretaria de Meio Ambiente promove palestra sobre “Consumo Consciente”, com a palestrante Diná Maciel Barbosa, bacharel em Ciência e Tecnologia pela Universidade Federal do ABC e Engenheira Ambiental e Urbana pela mesma instituição. Ela discutirá as consequências causadas pelo consumo excessivo, apresentará o consumo consciente como alternativa para utilização sustentável dos recursos naturais e irá descrever atitudes cotidianas que caracterizem consumo consciente. Haverá também um plantio de horta com plantas medicinais. O evento acontece com idosos atendidos pelo CCI (Centro de Convivência do Idoso).

Sexta-feira (21)

A Prefeitura irá realizar, às 9h, o plantio de 25 mudas de ipês e 16 cerejeiras doadas pela ACEI no Corredor Oeste Metropolitano, na entrada da cidade. O plantio tem como intuito promover a conscientização ambiental e a arborização em área urbana. Estão previstas a presença de autoridades públicas municipais e a população.

Ainda na sexta-feira (21), às 9h e às 14h, profissionais da área da Saúde assistirão à palestra sobre “Meio Ambiente e Saúde: Relação entre degradação ambiental e saúde humana”. O palestrante será Adriano Adelson Costa, graduado em Gestão Ambiental pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo e mestrando em Saúde Ambiental pelo Centro Universitário Faculdades Metropolitanas Unidas. A palestra acontece no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Itapevi. A ação tem como objetivo discutir os conceitos de meio ambiente e saúde, compreender e refletir sobre as relações entre o meio ambiente e saúde com ênfase nos reflexos gerados pelos danos ambientais.

Domingo (23) – 3ª Cãominhada de Itapevi, 2ª Edição da Feira e Cães e Gatos e posto de Vacinação da Campanha de Vacinação Antirrábica

A Praça 18 de Fevereiro, promove, a partir das 9h, três importantes eventos: a 3ª Cãominhada de Itapevi; 2ª Edição da Feira de Adoção de Cães e Gatos de Itapevi; a população receberá orientações sobre o funcionamento da Secretaria de Meio Ambiente e Defesa dos Animais, bem como poderá esclarecer dúvidas; além do local receber um posto de vacinação da campanha de vacinação antirrábica.

Quinta-feira (27)

A partir das14h, a Secretaria do Meio Ambiente promove uma palestra com gestores e educadores das redes municipal e estadual, no auditório da Secretaria de Educação de Itapevi. A palestra trata o tema “Uso da Reciclagem como instrumento de ensino”. Será ministrada por Marcia Tostes Costa da Silva, graduada em Pedagogia com aperfeiçoamento em Educação Ambiental pela Unifesp e doutoranda em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. A ação tem como objetivo incentivar e orientar a inserção da reciclagem como ferramenta pedagógica que auxilie no processo ensino-aprendizagem.

Sexta-feira (28)

Encerrando a programação da Semana de Educação Ambiental, haverá uma reunião, às 9h, entre autoridades, clínicas veterinárias, casas de ração e protetores de animais no Jardim do Amigo (Rua José Aguila Sanches, 64 – Ambuitá). O intuito é apresentar as ações da Secretaria do Meio Ambiente e Defesa dos Animais, promover network e apresentar o Canil subsidiado pela administração pública municipal.

Foto: Felipe Barros – Ex Libris/PMI

Legenda: Dezenas de pessoas participaram do plantio das cerejeiras



Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *